quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Há Pessoas que passam, e Outras que ficam...


Há pessoas que simplesmente passam pelas nossas vidas e nada fazem, nada deixam.

Há outras pessoas que ficam em nossas vidas e, ao nos tocarem, deixam muito!
Deixam uma gota de mel em nossa boca, fazem brotar um sorriso em nossos lábios empedernidos, declamam um verso para instilar a alegria em nosso dia amarrado, oferecem um conselho, um pedaço de si numa entrega espontânea ou nos permitem sonhar acordados.

Há pessoas que aparecem em nossas vidas e vão embora, curtindo a mesmisse de serem sempre repetitivas.

Há pessoas que chegam em nossas vidas e nos encantam, nos empurram adiante em busca de nossos sonhos; são capazes não só de nos abraçar com a força de suas idéias, mas tem sempre uma solução para nossos problemas. Essas pessoas são capazes de dar uma nova cor para a nossa aquarela vazia.

Há pessoas que cruzam rápidas, como uma lufada de vento. E nem se sabe de onde vieram e nem para onde vão.

Mas há pessoas que pousam em nosso caminho; erguem nossos escombros, alinham nossas paredes tortas, semeiam em hortas desarvoradas e enfraquecidas, recheiam de fé os nossos temores e nos amparam diante de nossas fraquezas.

Há pessoas que tangenciam nossas vidas e seguem como se nada tivesse acontecido.


Ainda bem que existem pessoas que nos surpreendem, afugentando a nossa solidão; e se enfiam por dentro de nossas relutâncias, nos ajudam monetariamente pensando mais em nosso futuro do que no delas, mexem com nossos brios, sacodem nossos receios e nos fazem sentir que existimos e que somos capazes de ser e de acontecer.

Há pessoas que passam ao largo e nem um aceno as comove. Têm olhos, mas não conseguem enxergar. Tem boca, mas não conseguem falar. Tem ouvidos, mas são incapazes de ouvir que a vida toca. Inquietam-se com a sua própria sombra. Preocupam-se com reclames e não com sentimentos.

Entretanto, há pessoas que nos despertam, nos fazem adormecer, nos embalam com suas histórias, com suas poesias, com seus olhares meigos e suas doces palavras. Não deixam nada para depois, dizem o que sentem, são sinceras, se apaixonam pela felicidade do próximo. Nada querem levar senão o eco de sua mensagem e de que sua palavra ressoou no cantinho mais fundo de nossos corações.

Há pessoas que passam, simplesmente passam à deriva, não sabem ou não querem experimentar a fragrância das amizades sinceras e do suave carinho que até um aceno representa nesse mundo encardido.

Há, porém, pessoas que ficam para sempre em nossas vidas!
Sabem que existe um lugar dentro de nós que somente elas conhecem o caminho, tem a chave para abrir nossas esperanças e fazer florescer nosso jardim; são capazes de nos fazer esquecer as dores mundanas, reacender a chama de nosso otimismo e fomentar novas energias em nossa alma combalida.

Bendita as pessoas que ficam para sempre em nossos corações!

Autor Desconhecido


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você Poderá Gostar de

Related Posts with Thumbnails